Rádio

sábado, 20 de agosto de 2011

A Velha Mídia também pode ser Nova


Nesta semana o Warner Channel lançou uma websérie "Sorority Forever" somente para a rede. É a primeira vez que o conglomerado Time Warner responsável por empresas tradicionais da Velha Mídia vê a Internet como forma de incrementar seus produtos midiáticos.
Na era da recepção estudada por Schwartz, a mídia eletrônica é recebida instantaneamente, não depende de reflexão do espectador como na mídia impressa em que a informação é percebida. Na TV ou na rede a mensagem é compreendida rapidamente por quase todos os espectadores. Nós reagimos às provocações que surgem dos meios de comunicação sem muito esforço.

O gerente-geral do Warner Channel para a América Latina Afredo Duran afirma que a empresa vê a rede como extensão da televisão. er lança uma produção exclusiva para a internet. Seria medo da nova mídia? Alfredo Duran, gerente-geral do Warner Channel para a América Latina, diz que não. "A TV sempre terá seu espaço com o consumidor porque as pessoas sempre vão querer ver TV em uma tela grande. A internet satisfaz necessidades imediatas do consumidor, de levar a mídia aonde quer que ele vá, no celular ou no seu computador".

Será possível em breve afirmar que exista algum meio de comunicação que não desperte a atenção da Velha Mídia?

Original publicado em 28/set/2008 no http://mundoemidia.blogspot.com/2008/09/velha-mdia-tambm-pode-ser-nova.html

Nenhum comentário: